"corpo artista"

"corpo artista" é uma expressão proposta pela pesquisadora Christine Greiner que trata de um corpo que vibra na contramão da idealização.

Sua potência está em se alimentar de conhecimentos com base em uma desestabilização de antigas certezas.

Nessa investigação busco exatamente desestabilizar as certezas que acredito estarem "grudadas" nos corpos femininos.

assim como a atividade sexual e a experiência da morte (próxima ou anunciada), a atividade estética representa no processo evolutivo um imaginação para a vida. Uma espécie de atualização de um estado corporal sempre latente e fundamentalmente necessário para nossa sobrevivência. Isso significa que todo corpo muda de estado cada vez que percebe o mundo. Mas, dessa experiência, necessariamente arrebatadora, nascem deslocamentos de pensamentos que serão, por sua vez, operadores de outras experiências sucessivas, prontas a desestabilizar outros contextos (corpos e ambientes) mapeados instataneamente de modo que o risco se tornará inevitavelmente presente (p. 138)

o "corpo artista" se torna um "desestabilizador de certezas que nos faz sentir vivos" (p. 139)


Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts